- Eu Confesso

Report copyright infringement
July 13, 2016

Lyrics

Eu confesso
Que gosto das moças do bairro onde eu moro
Do estilo indie-hippie-retrô-brasileiro
Que habitam os bares e ruas daqui
Eu não quero deixar ninguém ver que eu sou mesmo
O que pensam de mim quando me veem na rua
Classe média enjoada com pinta de artista
Será que eu sou tão previsível assim?

Essa não, ai meu Deus, que tragédia
Eu não posso viver sendo igual a ninguém
E eu pensei que era inteligente mas de nada eu sei
Minha mãe me falou que bonito era eu, mais ninguém
Como pode a mãe dele ter dito pra ele também?
Eu confesso
Que gosto das moças do bairro onde eu moro
Do estilo indie-hippie-retrô-brasileiro
Que habitam os bares e ruas daqui
Eu não quero deixar ninguém ver que eu sou mesmo
O que pensam de mim quando me veem na rua
Classe média enjoada com pinta de artista
Será que eu sou tão previsível assim?
Essa não, ai meu Deus, que tragédia
Eu não posso viver sendo igual a ninguém
E eu pensei que era inteligente mas de nada eu sei
Minha mãe me falou que bonito era eu, mais ninguém
Como pode a mãe dele ter dito pra ele também?
Eu confesso
Que gosto das moças do bairro onde eu moro
Do estilo indie-hippie-retrô-brasileiro
Que habitam os bares e ruas daqui
Que tragédia, eu não posso viver sendo igual a ninguém
E eu pensei que era inteligente mas de nada eu sei
Minha mãe me falou que bonito era eu, mais ninguém
Como pode a mãe dele ter dito pra ele também?
Eu confesso
Eu confesso
Eu confesso
Eu confesso

Show moreShow less