November 12, 2015

Lyrics

Através da multidão
Chega-me um saber amargo
E não sei quem são
Não sei onde vão
Mas estão ao meu lado

E quase em contemplação
Estranho o seu olhar cansado
São a multidão
Vão aonde vão
Mas estão ao meu lado

E quase em contemplação
Estranho o seu olhar cansado
São a multidão
Vão aonde vão
E eu vou ao seu lado

E amanhã
Há-de haver um ideal!
Amanhã
Hão-de ter um ideal!
São a multidão
Vão aonde vão
E o mundo real...
E eu não sei quem são
São a multidão
Sem um ideal...

Eu tive esta visão
Através da multidão
Eu tive esta visão
Através da multidão
E eu não sei quem são...
E eu não sei quem são...

São apenas a multidão
E eu não sei quem são...
E eu não sei quem são...
São apenas a multidão
Eu tive esta visão!

Show moreShow less