November 12, 2015

Lyrics

Não acredites em tudo o que vês, Lena
Tu bem tentas mas será que vale a pena?
A vida ensinou-te a respeitar as leis da rua,
A verdade é nua e crua mas a culpa não é tua
O teu pai nunca foi pai, a tua mãe não está presente
Não te deixes enganar porque toda a gente mente
Tu sabes bem, olhas á volta não vês ninguém
Não há amigos nesta vida, quem dá 50 tira 100
Quanto mais tentas sair, mais aprisionada estás
És boa entre pessoas más, é tarde para voltar atrás
Acordas a pensar onde foi que erraste, o que fizeste?
Será que tudo não passa de um teste?
Lena, Lena, e tudo o que tu querias era estudar
Desenhar, não te vão parar enquanto conseguires sonhar
Olha para o Céu, vê o teu futuro na lua
Minha amiga, a culpa não é tua...

Não acredites no que vês, segue o teu caminho como és
A culpa não é tua, Lena, Lena
Não acredites no que vês, segue o teu caminho como és
A culpa não é tua, a culpa não é tua

Que te pasa Lena? Não te deixes abater mantém-te serena
Tens de encontrar uma saída para o teu dilema
Tu iluminas qualquer sala quando entras em cena
Desde que és pequena, Lena
A única coisa que o teu pai te deu foi a vida
E de repente estás num beco sem saída
Esquece o teu passado, o caminho é para a frente
Não há dúvidas, tu sempre foste diferente
O mais importante para ti são os putos papeles
E tu consegues sempre tudo que tu quieres
Ás vezes o mais fácil é fugir e não olhar para trás
Vais estudar e procurar um pouco de paz
E quando passas pelo Puerto de Vigo
Lembras-te do teu pai e tudo o que passou contigo
En esta puta vida no hay amigos
E tentas esquecer todos los peligros
Não vale a pena a vida é muito pequena
E na rua é a lei do mais forte que reina
Fica sabendo, o teu sorriso é a tua riqueza
O meu conselho: divierte-te princesa

Não acredites no que vês, segue o teu caminho como és
A culpa não é tua, Lena, Lena
Não acredites no que vês, segue o teu caminho como és
A culpa não é tua, a culpa não é tua

Aceita-te como és Lena, não te escondas
Quero perguntar-te mas se quiseres não respondas
Quantas vezes quiseste chorar? diz-me
Quantas vezes quiseste fugir? diz-me, fala
Quem te conhece viu-te crescer á beira mar
Tens um sonho que um dia hás de concretizar
Trabalhas para ti mesma, não dependes de ninguém
Não tenhas medo, tudo há de acabar bem...

Show moreShow less