November 12, 2015

Lyrics

São avós que nos contam histórias,
Eram mães que morriam por nós,
São irmãs pela cumplicidade
São amigas quando estamos sós.

São amantes nas noites de Verão
E aconchegam nas noites de Inverno
Quando estamos perdidos na vida
Vão connosco até ao inferno.

Todas as mulheres do Mundo,
São como rosas do meu jardim
É preciso estimá-las, beijá-las, sentir seu perfume nas noites sem fim
E se houver quem assume o contrário
É mentira pois tenho p'ra mim
Que todas as mulheres do Mundo
São como rosas do meu jardim

Têm espinhas por aí presente
Quase sempre maior do que a Lua
É ternura e publicidade
O que fica depois do Amor

São amantes nas noites de Verão
E aconchegam nas noites de Inverno
Quando estamos perdidos na vida
Vão connosco até ao inferno.

Todas as mulheres do Mundo,
São como rosas do meu jardim
É preciso estimá-las, beijá-las, sentir seu perfume nas noites sem fim
E se houver quem assume o contrário
É mentira pois tenho p'ra mim
Que todas as mulheres do Mundo
São como rosas do meu jardim

São avós que nos contam histórias,
Eram mães que morriam por nós,
São irmãs pela cumplicidade
São amigas quando estamos sós.

São amantes nas noites de Verão
E aconchegam nas noites de Inverno
Quando estamos perdidos na vida
Vão connosco até ao inferno.

Todas as mulheres do Mundo,
São como rosas do meu jardim
É preciso estimá-las, beijá-las, sentir seu perfume nas noites sem fim
E se houver quem assume o contrário
É mentira pois tenho p'ra mim
Que todas as mulheres do Mundo
São como rosas do meu jardim

E se houver quem assume o contrário
É mentira pois tenho p'ra mim
Que todas as mulheres do Mundo
São como rosas do meu jardim

Todas as mulheres do Mundo são como rosas do meu jardim.

Show moreShow less