- Croquetes

Report copyright infringement
November 12, 2015

Lyrics

De pernas afastadas
sento-me à mesa
Baterias apontadas aos croquetes
olho para o lado e tiro um ou dois
Não há todos os dias que há croquetes
Olho à minha volta. mas quem é esta gente?
querem-me roubar os croquetes
olho para o lado e tiro três ou quatro
croquetes
que se foda o bacalhau
Saio para a rua e ao virar a esquina
na montra de um café, croquetes
na minha festa de anos havia de tudo
mas antes de tudo, croquetes
olho para o lado e tiro um ou dois
não é tosos os dias que há croquetes
não há volta a dar, são mesmo muito bons
croquetes
chouriço, batata, de chouriço ou de batata
só croquetes

Show moreShow less